Hypermarcas foca em fármacos e vai evitar novas aquisições

terça-feira, 3 de novembro de 2015 11:36 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A companhia farmacêutica Hypermarcas vai se concentrar em ganhos de rentabilidade com a venda de sua divisão de cosméticos e não tem o objetivo de fazer novas aquisições no curto prazo, afirmou o presidente-executivo, Claudio Bergamo, em teleconferência com analistas.

"A companhia agora passa a ser uma com caixa líquido. A primeira coisa vai ser continuar a investindo nos negócios remanescentes. No curto prazo nosso objetivo é usar os recursos (da venda da divisão de cosméticos) para redução do endividamento. Não está em perspectiva no curto prazo nenhum tipo de aquisição", afirmou o executivo.

Segundo Bergamo, a Hypermarcas poderá considerar mais adiante fazer recompra de ações ou distribuir dividendos aos acionistas.

(Por Alberto Alerigi Jr.)