CMO deve votar alteração da meta de primário de 2015 a partir de 4ª-feira

terça-feira, 3 de novembro de 2015 17:31 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - A Comissão Mista de Orçamento (CMO) deve começar a votar o projeto de lei que altera a meta de resultado primário de 2015 nesta quarta-feira, mas somente se o governo enviar antes o detalhamento das chamadas pedaladas fiscais, afirmou a presidente da CMO, senadora Rose de Freitas (PMDB-ES).

Segundo a senadora, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, comprometeu-se com parlamentares nesta terça-feira a entregar o detalhamento do eventual pagamento de até 55 bilhões de reais em pedaladas até esta noite. O montante poderá ser abatido da meta de primário, segundo o projeto de lei, mas a oposição queria saber a exata destinação dos recursos antes de se debruçar sobre a proposta.

(Por Marcela Ayres)