Ibovespa tem maior alta em quase 1 ano por estrangeiro e noticiário corporativo

terça-feira, 3 de novembro de 2015 20:06 BRST
 

Por Priscila Jordão

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa subiu com força nesta terça-feira, com investidores realizando ajustes após o feriado e comemorando notícias corporativas positivas, o que se somou à maior disposição de estrangeiros para tomar ativos de risco.

O Ibovespa subiu 4,76 por cento, a 48.053 pontos, maior alta desde 21 de novembro de 2014. O giro financeiro do pregão foi expressivo, somando 8,9 bilhões de reais, ante média de 6,85 bilhões em 2015.

O índice de ADRs brasileiras subiu 1,86 por cento na segunda-feira acompanhando o dia positivo no exterior, quando o feriado do Dia de Finados manteve fechado o pregão na bolsa paulista, levando aos ajustes deste pregão.

Além da alta na véspera, os principais índices de Wall Street estendiam ganhos nesta terça-feira. Operadores e analistas relataram maior propensão do estrangeiro ao risco, em busca de pechinchas na bolsa brasileira.

Notícias corporativas pontuais também contribuíram para o bom humor do mercado. O lucro do Itaú Unibanco pouco acima do esperado deu impulso a todo o setor bancário.

Em outra frente, o anúncio da BM&FBovespa de tratativas para uma possível fusão com a Cetip impulsionou as ações de ambas. "Num ambiente de crise e instabilidade, é muito esperado que empresas comecem a fazer fusões. Quando isso acontece, ficam sinais de um mercado que busca alternativas para sobreviver", disse o analista Raphael Figueredo, da Clear Corretora.

Para o gerente de renda variável da H.Commcor, Ariovaldo Santos, a ausência de novas notícias políticas internas que deprimissem o mercado também colaborou para o bom humor.

  Continuação...