Resultados fracos de bancos limitam ganhos de ações europeias

terça-feira, 3 de novembro de 2015 18:52 BRST
 

Por Sudip Kar-Gupta e Alistair Smout

LONDRES (Reuters) - As ações europeias se recuperaram de um fraco início nesta terça-feira, impulsionadas por ganhos em Wall Street, apesar de resultados fracos do Standard Chartered e UBS terem pesado sobre o setor bancário.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 fechou com ganho de 0,39 por cento, a 1.494 pontos, enquanto o índice de blue chips da zona do euro Euro Stoxx 50 subiu 0,24 por cento, a 3.442 pontos.

A ação do Standard Chartered recuou 6,7 por cento depois de o banco anunciar que quer levantar 5,1 bilhões de dólares em capital novo e cortar 15.000 postos de trabalho até 2018, conforme o novo presidente-executivo, Bill Winters, tenta restaurar a lucratividade, atingida por uma desaceleração nos mercados emergentes.

Analistas do Investec descreverem o prejuízo operacional trimestral de 139 milhões de dólares do banco como "horrível". O consenso do mercado era de um lucro de 903 milhões de libras esterlinas.

"Como temíamos, o pior aspecto ... é um colapso de base ampla na receita", disseram em nota. "O Standard Chartered já tem tido o pior desempenho do índice de bancos FTSE 100 até agora em 2015, mas esperamos que tenha um desempenho significativamente inferior no rescaldo do resultado do terceiro trimestre divulgado hoje."

As ações do UBS caíram 4,3 por cento, após o maior banco da Suíça registrar um aumento maior do que o esperado no lucro líquido do terceiro trimestre na comparação anual, mas ter relaxado suas metas para o ano.