Relator da LDO de 2016 propõe meta de primário de 0,7% do PIB

quarta-feira, 4 de novembro de 2015 14:38 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016, deputado Ricardo Teobaldo (PTB-PE), incluiu nesta quarta-feira a meta de superávit primário do setor público consolidado equivalente a 0,7 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) no projeto, em linha com a proposta do governo federal.

A proposta foi apresentada em reunião de líderes da Comissão Mista de Orçamento do Congresso, que ainda avalia se o projeto será votado nesta sessão.

(Por Marcela Ayres)