Wall St fecha em queda com comentários de Yellen e recuo de ações de energia

quarta-feira, 4 de novembro de 2015 20:36 BRST
 

Por Caroline Valetkevitch

(Reuters) - As ações norte-americanas fecharam em baixa nesta quarta-feira, acompanhando o recuo dos papéis de energia e com os comentários da chair do Federal Reserve, Janet Yellen, sinalizando um possível aumento da taxa de juros em dezembro preocupando os investidores.

O índice Dow Jones fechou em baixa de 0,28 por cento, a 17.867 pontos, o S&P 500 recuou 0,35 por cento, para 2.102 pontos, enquanto o Nasdaq caiu 0,05 por cento, a 5.142 pontos.

O índice do setor de energia do S&P liderou a queda do dia, com recuo de 1 por cento, interrompendo sequência de cinco dias seguidos de ganhos. As ações da Chevron recuaram 1,4 por cento, enquanto que os papéis da Exxon Móbil fecharam em queda de 1 por cento.

As ações norte-americanas acentuaram a queda depois de comentários da Yellen, que levaram os investidores a elevarem suas apostas para mais de 60 por cento em um aumento dos juros nos Estados Unidos em dezembro.

Yellen disse que dezembro permanece uma "possibilidade viva" para um aumento dos juros, e o presidente do Fed de Nova York e membro permanente do comitê de política monetária do Fed, William Dudley, disse nesta quarta-feira que está "completamente de acordo" com ela.

O mercado está se consolidando após uma grande valorização, disse o estrategista-chefe de mercado da JonesTrading, Michael O'Rourke, em Greenwich, Connecticut.

"Os ganhos foram fortes ao longo das últimas cinco semanas e estamos prontos para mais do que uma pausa aqui", disse O'Rourke.

(Reportagem adicional de Sinead Carew, em Nova York)