Ações asiáticas vacilam com indicação de possível alta dos juros em dezembro pelo Fed

quinta-feira, 5 de novembro de 2015 08:14 BRST
 

Por Saikat Chatterjee

HONG KONG (Reuters) - As ações asiáticas interromperam a sequência de dois dias de altas nesta quinta-feira após autoridades do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, terem mantido a porta aberta para uma elevação da taxa de juros em dezembro.

Às 8h10 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,73 por cento, pressionada pelo índice australiano, que teve recuo de quase 1 por cento. Embora o índice regional tenha subido 12 por cento desde o fim de setembro, ele ainda acumula queda de cerca de 10 por cento até o momento no ano.

Uma alta da taxa de juros nos EUA, geralmente um sinal de uma economia global saudável, viria agora no pior momento possível para os países asiáticos voltados para as exportações, que estão caindo com os efeitos da desaceleração da China e encolhimento do comércio global.

"Os mercados emergentes estão enfrentando alguns fatores desfavoráveis, particularmente na forma de uma transição histórica na China, afastando-se do crescimento puxado pela manufatura, e uma desaceleração enraizada no comércio global", disse o economista-chefe do Standard Life Investments, Jeremy Lawson.

Em sua primeira declaração pública desde a reunião do Fed da semana passada, a chair do Fed, Janet Yellen, disse que os EUA estão prontos para taxa de juros mais alta se os próximos dados econômicos justificarem isso.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,00 por cento, a 19.116 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,01 por cento, a 23.051 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 1,87 por cento, a 3.524 pontos.   Continuação...