Governo acredita na votação sem transtornos da MP de apoio às hidrelétricas

terça-feira, 10 de novembro de 2015 15:38 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O governo federal avalia que a votação da Medida Provisória 688, que trata da compensação às hidrelétricas por conta das perdas causadas pela seca, deverá ocorrer nesta terça-feira no plenário da Câmara dos Deputados com relativa tranquilidade.

A avaliação entre parlamentares da base é de que o texto da MP já saiu “redondo” da Comissão Especial. Também facilita a aprovação o fato de a medida ser aguardada pelas empresas do setor elétrico.

"Por enquanto a sinalização é que a votação será tranquila", disse o deputado Henrique Fontana (PT-RS), vice-líder do PT na Câmara.

Para o governo, a aprovação é importante pois espera-se que dará mais segurança jurídica ao leilão de hidrelétricas que deve ocorrer no dia 25 de novembro.

"Esse tema mais técnico está fora da luta política", disse o deputado.

O foco maior das negociações do governo na Câmara é o projeto que trata da regularização de recursos de brasileiros no exterior, a chamada repatriação, que integra o pacote fiscal do governo.

Está agendada para às 18h uma reunião de todos os líderes das base governista com o relator da proposta, deputado Manoel Junior (PMDB-PB), para tentar chegar a um acordo para a votação, que tende a acontecer na quarta-feira.

"Tem voto para passar amanhã, mas vai ser um teste para a base", disse Fontana.

  Continuação...