Embraer monitora participação de Quebec em projeto da Bombardier para jato CSeries

terça-feira, 10 de novembro de 2015 16:22 BRST
 

DUBAI (Reuters) - O diretor-executivo da área de aviação comercial da Embraer, Paulo Cesar Silva, mostrou preocupação nesta terça-feira sobre a decisão do governo de Quebec de injetar 1 bilhão de dólares em um projeto de aeronave da Bombardier, afirmando que o setor deveria competir em igualdade de condições.

Apesar da preocupação, o executivo afirmou que a Embraer até agora não se queixou junto ao governo brasileiro sobre a decisão de Quebec de comprar participação de cerca de 50 por cento no projeto do jato CSeries.

"Nós ainda não sabemos os detalhes completos desta parceira (...) estamos acompanhando o processo", disse Silva, à Reuters, durante a feira de aviação de Dubai.

"É claro que há preocupação, porque nós queremos ter certeza que estamos em igualdade de condições", disse ele.