Petrobras suspende reunião de negociação com petroleiros grevistas

terça-feira, 10 de novembro de 2015 18:30 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras suspendeu uma reunião marcada para esta terça-feira com a Federação Única dos Petroleiros (FUP) onde estava previsto negociação de um acordo coletivo e do possível fim da greve na estatal.

O movimento grevista entrou nesta terça-feira em seu 13º dia, em protesto contra o plano de venda de bilhões de dólares em ativos anunciado pela direção de companhia e contra a redução nos investimentos.

"A empresa suspendeu a reunião que havia agendado para esta terça-feira e o momento, portanto, é de intensificar o movimento nacionalmente, em todos os Estados", afirmou a FUP em um comunicado.

A Petrobras disse que irá reagendar as reuniões com entidades sindicais.

"A companhia está trabalhando em proposições com vistas ao fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho", afirmou a petroleira, acrescentando que irá informar os funcionários quando forem definidas as novas datas para reunião.

A assessoria de imprensa da estatal disse à Reuters o impacto da greve à produção de petróleo nesta terça-feira é estável em relação ao registrado na segunda-feira.

Na noite de segunda-feira, a companhia informou ao mercado que "o impacto atual estimado na produção de petróleo tem sido, desde o último sábado (7 de novembro), da ordem de 115 mil barris ao dia".

(Por Gustavo Bonato)