AB InBev, HSBC, Google e mais 8 empresas testemunharão em audiência da UE sobre impostos

terça-feira, 10 de novembro de 2015 19:29 BRST
 

BRUXELAS (Reuters) - A Anheuser-Busch InBev, o HSBC, o Google e outras oito companhias serão ouvidas por parlamentares da União Europeia na próxima semana sobre acordos de impostos europeus, como parte de uma campanha para garantir que multinacionais paguem sua parcela justa de impostos.

Enquanto o comitê de impostos do Parlamento Europeu pode publicar apenas uma recomendação não obrigatória no fim de novembro, a publicidade gerada por suas ações provavelmente aumentará a pressão sobre os governos e companhias que estão buscando minimizar impostos.

A Comissão Europeia já pediu que Luxemburgo recupere até 30 milhões de euros em impostos atrasados da Fiat Chrysler e a Holanda uma quantia similar da rede de cafeterias Starbucks como resultado de acordos ilegais.

A Amazon, já na mira da Comissão sobre o acordo de impostos de Luxemburgo, Barclays, Coca-Cola, Facebook, Ikea, McDonald's, Philip Morris e Walt Disney também participarão da audiência, de acordo com o site do comitê.

O Wal-Mart declinou do convite enquanto a Fiat Chrysler ainda precisa responder. Todas as empresas recusaram previamente os convites para uma audiência inicial.

"O clima está mudando muito rápido entre companhias tanto quanto entre os governos. O tempo de ludibriar competidores por meio de planejamento fiscal agressivo está prestes a chegar ao fim, mais cedo do que se esperava", disse o presidente do conselho Alain Lamassoure por email.

(Por Foo Yun Chee)