Pirelli reduz perspectiva pressionada por fraqueza no Brasil e Rússia

quarta-feira, 11 de novembro de 2015 13:16 BRST
 

MILÃO (Reuters) - A Pirelli, quinta maior fabricante de pneus do mundo, reduziu nesta quarta-feira sua estimativa de desempenho anual de vendas e lucro operacional por causa da piora econômica nos mercados emergentes, especialmente na Rússia e no Brasil.

O grupo, que foi comprado por um veículo de investimento controlado pela China National Chemical, afirmou que espera divulgar lucro operacional de 2015 de cerca de 870 milhões de euros ante previsão anterior de 930 milhões.

As vendas da empresa devem subir cerca de 4 por cento, para mais de 6,25 bilhões de euros, abaixo da previsão anterior de 6,35 bilhões.

A Pirelli informou ainda que o lucro antes de juros e impostos (Ebit) nos primeiros nove meses deste ano subiu 3 por cento, para 648 milhões de euros.

A produção de veículos do Brasil acumula queda de 21,1 por cento de janeiro a outubro sobre o mesmo período do ano passado. Já as vendas de veículos novos têm baixa de 24,3 por cento.

(Por Agnieszka Flak)