Partido Socialista português exige que estatal Parpública não conclua privatização da TAP

quarta-feira, 11 de novembro de 2015 15:34 BRST
 

LISBOA (Reuters) - O Partido Socialista (PS) português enviou uma carta ao presidente da holding estatal Parpública exigindo que não conclua a privatização da companhia aérea TAP.

Em uma carta enviada pelo grupo Parlamentar do PS à Parpública, a que a Reuters teve acesso, os socialistas lembram que a "posição do PS sobre a TAP é clara e pública: o PS não aceita que o Estado não mantenha uma posição de controle, devendo ter uma intervenção e presença na definição do rumo estratégico desta empresa".

(Por Sérgio Gonçalves)

 
Avião da TAP no aeroporto de Lisboa. 11/06/2015. REUTERS/Rafael Marchante