Petrobras faz proposta a petroleiros; FUP decide sobre greve na 5ª

quarta-feira, 11 de novembro de 2015 22:39 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras apresentou nesta quarta-feira uma nova proposta de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) aos petroleiros, incluindo reajuste de 9,53 por cento nas tabelas salariais, e disse que aguarda um posicionamento da categoria para o encerramento da greve que já dura quase duas semanas e impacta a produção de petróleo.

"Essa é a proposta definitiva da companhia e traduz o empenho máximo da empresa para atender às reivindicações dos empregados e seus representantes...", disse a estatal em nota.

O Conselho Deliberativo da Federação Única dos Petroleiros (FUP) marcou reunião para a tarde de quinta-feira para avaliar a proposta da estatal e definir os próximos passos do movimento da categoria. Por enquanto, a entidade manteve a orientação para a continuidade da greve.

"Além de não ter enviado a íntegra da proposta com as cláusulas redigidas, ainda há reivindicações que não foram respondidas pela empresa", disse a FUP em nota, acrescentando que ainda aguarda a formalização da proposta de acordo coletivo para verificar se a redação mantém direitos já assegurados.

"Portanto, a orientação é para que os petroleiros mantenham a greve em todas as bases, aguardando os próximos indicativos da FUP e de seus sindicatos."

A Petrobras afirmou que a oferta mantém benefícios e vantagens que fazem parte do acordo vigente. A estatal também propôs criar um grupo técnico, com representantes da empresa e da FUP para elaborar um relatório sobre itens constantes na Pauta pelo Brasil.

(Por Roberto Samora e Raquel Stenzel)