Bovespa fecha em queda após sessão volátil, pressionada por NY e Petrobras

quinta-feira, 12 de novembro de 2015 17:48 BRST
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou em queda nesta quinta-feira, pressionado por Petrobras, após sessão volátil em meio a uma bateria de resultados corporativos, que colocou a fabricante de celulose Suzano na ponta positiva e derrubou as ações da elétrica Copel

O Ibovespa caiu 0,39 por cento, a 46.883 pontos. Na máxima, o índice de referência do mercado acionário brasileiro subiu 0,84 por cento e na mínima, caiu 0,78 por cento.

O volume financeiro da sessão somou 5,9 bilhões de reais.

A fraqueza em Wall Street também pesou na bolsa paulista, com ações de energia e matérias-primas pressionadas pela queda dos preços de commodities, e investidores analisando discursos de autoridades do Federal Reserve no sentido de alta dos juros no próximo mês.

O pregão brasileiro também foi marcado por expectativa em relação ao anúncio rebalanceamento semestral do índice acionário global MSCI, previsto para após o fechamento do mercado, bem como de suas subdivisões.

Em nota a clientes divulgada pela manhã, o Itaú BBA disse que, entre as ações brasileiras, esperava a exclusão de Banrisul, B2W, Cyrela Brazil Realty, Ecorodovias, Qualicorp e Via Varejo.

DESTAQUES   Continuação...