Cargill faz reestruturação e prevê demissões, dizem fontes

sexta-feira, 13 de novembro de 2015 19:23 BRST
 

LONDRES (Reuters) - A Cargill, uma das maiores corporações privadas e tradings de commodities do mundo, lançou um processo de reestruturação que inclui demissões, disseram uma fonte da empresa e quatro fontes do setor nesta sexta-feira.

A empresa também está fechando escritórios, disseram duas das fontes da indústria.

Os cortes na empresa, sediada em Minnesota, ocorrem em um momento em que empresas globais do setor agrícola estão sob pressão pelos preços das commodities em queda e pela fraqueza de mercados emergentes onde a Cargill fez investimentos significativos.

A Cargill "está trabalhando na recalibração de seu negócio", disse uma das fontes, um banqueiro.

A Cargill não quis comentar sobre a reportagem, dizendo que "habitualmente não comentamos rumores".

(Por Sarah McFarlane)