Promotor de Paris diz que agressores podem ter atuado em três grupos coordenados

sábado, 14 de novembro de 2015 16:53 BRST
 

PARIS (Reuters) - Os ataques que mataram 129 pessoas na noite de sexta-feira em Paris, em uma onda de tiroteios e explosões suicidas, parecem ter sido feitos por até três equipes, disse neste sábado o promotor público de Paris François Molins.

"Nós podemos dizer neste estágio das investigações que houve provavelmente três times coordenados de terroristas por trás destes atos de barbárie", afirmou ele em conferência de imprensa.

O promotor também confirmou que as autoridades francesas tinham um arquivo sobre radicalização islâmica de um dos agressores, que também já tinha ficha criminal, mas nunca havia passado pela cadeia.

Molins acrescentou que uma pessoa que havia alugado um dos carros usados nos ataques foi parada na fronteira com a Bélgica.

(Por Leigh Thomas)