Presidente do Eurogrupo diz que houve acordo com Grécia em muitas questões

domingo, 15 de novembro de 2015 10:02 BRST
 

BRUXELAS (Reuters) - A Grécia e seus credores da zona do euro chegaram a um acordo sobre muitas questões do programa de reformas que Atenas está implementando em troca de empréstimos, afirmou presidente do conselho de ministros das Finanças da zona do euro, Jeroen Dijsselbloem, em um comunicado neste domingo.

A Grécia precisa de uma avaliação positiva da zona euro quanto ao progresso das reforma para obter a próxima tranche de 2 bilhões de euros em empréstimos, bem como até 10 bilhões de euros para a recapitalização dos seus bancos.

As negociações, contudo, que deveriam ter sido concluídas até meados de outubro, estão paralisadas por causa de divergências sobre detalhes de uma lei de execução de hipoteca.

"Congratulo o progresso que tem sido feito entre as autoridades gregas e as instituições nas discussões sobre as medidas incluídas no primeiro conjunto de metas e sobre as medidas do setor financeiro que são essenciais para um processo de recapitalização bem sucedida", disse Dijsselbloem.

"Foram alcançados acordos sobre muitas questões", disse o presidente do Eurogrupo.

Ele disse que os vice-ministros das Finanças da zona euro, que integram o chamado Grupo de Trabalho do Euro (EWG), se reunirão na terça-feira para fazer um balanço da situação e decidir se um desembolso é possível.

(Reportagem de Jan Strupczewski)