G20 se compromete a lutar com firmeza contra economia desigual, mostra esboço de comunicado

domingo, 15 de novembro de 2015 11:32 BRST
 

BELEK, Turquia (Reuters) - Os líderes das 20 maiores economias do mundo se comprometeram a utilizar todos os instrumentos de política para lidar com o crescimento econômico desigual, que fica aquém das expectativas, de acordo com esboço do comunicado do G20 visto pela Reuters neste domingo.

Líderes do G20 estão reunidos na Turquia para uma cúpula de dois dias sobre como impulsionar o crescimento global, mas grande parte das discussões econômicas tem sido ofuscada pelos ataques mortais reivindicados por Estado Islâmico em Paris na sexta-feira que deixaram quase 130 mortos.

Em um aceno aos nervosos mercados financeiros, o G20 destacou a necessidade de "calibrar cuidadosamente" e comunicar claramente as decisões de política, de acordo com esboço, que deve ter sua versão final divulgada na segunda-feira.

Os líderes também observaram a escalada da crise de refugiados, dizendo que todos os Estados têm de partilhar o fardo, incluindo através do reassentamento de refugiados e outras formas de ajuda humanitária, bem como destacaram a importância de uma solução política.

Eles também endossaram as chamadas medidas "BEPS" para reformar o sistema fiscal global.

O esboço do comunicado não abordou diretamente a luta contra o terrorismo, que o G20 destacou em um documento separado.

(Reportagem de David Dolan e Jan Strupczewski)