Embraer vê demanda maior por jatos executivos nos EUA e redução em emergentes

segunda-feira, 16 de novembro de 2015 18:46 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A fabricante de aviões Embraer estimou nesta segunda-feira uma demanda global por 9.100 novas aeronaves executivas nos próximos 10 anos, com potencial de negócios de 259 bilhões de dólares.

A companhia afirmou que a previsão reflete uma "alta potencial de demanda nos Estados Unidos e uma redução da atividade em países emergentes".

Segundo a Embraer, a projeção de demanda implica em uma taxa composta de crescimento anual de 3 por cento nos próximos 10 anos.

"O estudo aponta que a demanda deve exceder as entregas e valor de mercado da última década, quando cerca de 8.190 jatos executivos foram entregues, totalizando 198 bilhões de dólares", afirmou a fabricante de aviões em comunicado à imprensa.

A Embraer estima que as aeronaves executivas leves e de médio porte terão cerca de dois terços das entregas totais previstas, se beneficiando de demanda não só nos Estados Unidos, como também na Europa.

(Por Alberto Alerigi Jr.)