Governo define que fatia da Eletrobras na Celg D será vendida por no mínimo R$1,4 bi

quinta-feira, 19 de novembro de 2015 08:23 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho Nacional de Desestatização aprovou as condições da desestatização da distribuidora de energia Celg, que atende o Estado de Goiás, com a venda de 76.761.267 ações ordinárias da estatal Eletrobras, que representam cerca de 50,93 por cento do capital da empresa.

O valor mínimo de venda das ações da Eletrobras na distribuidora será de 1,4 bilhão de reais, incluído o valor referente à oferta aos empregados e aposentados, de acordo com resolução do Conselho publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial da União.

(Por Priscila Jordão)

 
Sede da Eletrobras, no centro do Rio de Janeiro.  20/08/2015    REUTERS/Pilar Olivares