Minério de ferro cai 1,5% na China e se aproxima de mínima histórica

quinta-feira, 19 de novembro de 2015 10:19 BRST
 

MANILA/XANGAI (Reuters) - Os preços do minério de ferro no mercado à vista da China recuaram novamente nesta quinta-feira, aproximando-se da menor cotação já registrada, puxados por uma queda nos preços do aço em meio aos crescentes temores de demanda fraca.

O minério acumula perdas de cerca de 36 por cento no ano.

"Está difícil de vender atualmente", disse um comerciante de minério de ferro em Xangai.

"Nós vemos os preços físicos caindo e transações são feitas em preços inesperadamente baixos, levando investidores a tomar mais posições vendidas no mercado futuro de minério de ferro", complementou.

O minério com 62 por cento de teor de ferro entregue no porto de Tianjin na China .IO62-CNI=SI caiu 1,5 por cento, para 45,10 dólares por tonelada.

É a cotação mais baixa para o minério desde o início de julho, quando a matéria-prima do aço tocou 44,10 dólares, menor nível já registrado pelo The Steel Index, em série histórica iniciada em 2008.

O vergalhão de aço tem tocado sucessivas mínimas históricas nos últimos meses em meio à uma fraca demanda, em um momento de altos estoques, cortes de produção e fechamento de siderúrgicas.

O contrato mais negociado do vergalhão na bolsa de Xangai fechou em queda de 2 por cento a 1.705 iuanes por tonelada, depois de tocar mínima de 1.692 iuanes, menor nível do contrato mais ativo desde que o contrato foi lançado em 2009.

(Por Manolo Serapio Jr e Ruby Lian)