Vale encerrará fundição e refino de níquel em Manitoba em 2018

quinta-feira, 19 de novembro de 2015 19:09 BRST
 

WINNIPEG (Reuters) - A mineradora brasileira Vale encerrará suas operações de fundição e refino de níquel em Thompson, na província de Manitoba, no oeste do Canadá, em 2018, mas continuará fazendo a mineração e trituração apesar da queda nos preços da commodity, disse um representante da empresa nesta quinta-feira.

As operações de fundição e refino tinham data de encerramento originalmente agendadas para este ano, até a companhia fechar um acordo com trabalhadores e o departamento de meio ambiente do Canadá para manter as operações por mais tempo.

A Vale é a maior produtora global de níquel.

O diretor de mineração e trituração em Thompson, Mark Scott, falando nos bastidores de uma conferência de mineração em Winnipeg, não quis dizer se as operações de níquel em Thompson estavam deficitárias diante dos preços baixos.

Os contratos futuros do níquel em Londres caíram nesta quinta-feira para suas mínimas em sete anos, a menos de 9.000 dólares por tonelada. O níquel tem sido afetado por um excesso de oferta e menor demanda da China, o maior consumidor do metal, que é usado em produtos que vão desde moedas a baterias recarregáveis.

A Vale, que também é a maior produtora global de minério de ferro, divulgou no mês passado um prejuízo líquido no terceiro trimestre de 2,1 bilhões de dólares.

A empresa finalizará os estudos de viabilidade para Footwall Deep, uma extensão da atual área de mineração de Thompson, no primeiro trimestre de 2016, e então colocará o projeto em "pausa" para aguardar melhores preços, disse Scott.

(Por Rod Nickel)