CORREÇÃO-Governo reduz previsão de receita líquida em quase R$55 bi em 2015

sexta-feira, 20 de novembro de 2015 19:56 BRST
 

(Corrige no primeiro parágrafo para despesas obrigatórias, e não receitas obrigatórias)

BRASÍLIA (Reuters) - O governo diminuiu a previsão de receita líquida em 2015 para o governo central em 54,88 bilhões de reais, em meio ao cenário de recessão econômica, ao mesmo tempo em que elevou a estimativa para as despesas obrigatórias em 2,77 bilhões de reais, conforme o Relatório de Receitas e Despesas divulgado nesta sexta-feira pelos ministérios da Fazenda e do Planejamento.

O documento, que tem como base o desempenho das contas públicas até o quinto bimestre, prevê déficit primário de 48,9 bilhões de reais para o setor público consolidado em 2015, sendo rombo de 51,8 bilhões para o governo central, alteração que já havia sido divulgada pelo Executivo no fim de outubro, quando encaminhou nova proposta de alteração da meta fiscal.

No relatório do quarto bimestre, o governo ainda trabalhava com superávit primário de 8,7 bilhões de reais para o setor público como um todo, sendo 5,8 bilhões de reais para o governo central.

(Por Marcela Ayres)