Zona do euro concorda que Grécia pode obter próxima parcela de empréstimo

sábado, 21 de novembro de 2015 15:26 BRST
 

BRUXELAS (Reuters) - A Grécia fez todas as reformas no primeiro pacote de medidas acordadas com os credores da zona do euro, o que abre caminho para Atenas obter a próxima parcela de empréstimo, disse o chefe dos ministros das Finanças da zona do euro, Jeroen Dijsselbloem, neste sábado.

A Grécia está tentando obter uma forma de empréstimo muito barata com o fundo de resgate da zona do euro sob seu terceiro acordo de resgate, em troca de colocar suas finanças públicas em ordem e reformar a economia, para torná-la mais eficiente e competitiva.

Vice-ministros de Finanças da zona do euro avaliaram neste sábado os progressos alcançados por Atenas nas reformas.

"Com base no aviso de aplicação definitiva... concordou-se que as autoridades gregas completaram o primeiro conjunto de etapas e as medidas do setor financeiro que são essenciais para processo de recapitalização bem sucedido", disse Dijsselbloem.

"O acordo abre caminho para a aprovação formal pelo Mecanismo Europeu de Estabilidade Financeira (ESM, na sigla em inglês) na segunda-feira, 23 de novembro, de desembolso de 2 bilhões de euros ligados ao primeiro conjunto de metas", acrescentou.

Ele disse que também vai permitir que o ESM tome decisões caso a caso de transferir dinheiro à Grécia para a recapitalização do setor bancário grego.

O ESM já tem 10 bilhões de euros reservados para este propósito, e as necessidades de capital dos bancos gregos da zona euro são estimadas entre 6 e 9 bilhões de euros, disse uma autoridade da zona do euro na sexta-feira.

(Reportagem de Jan Strupczewski)