Fazenda diz que não há espaço fiscal para propostas que impliquem gastos com subsídios

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016 20:22 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Ministério da Fazenda disse em nota nesta segunda-feira que vai avaliar as propostas para o setor automotivo apresentadas pelas montadoras, mas que no momento não tem "espaço fiscal" para propostas que impliquem gastos com subsídios e equalizações.

A nota foi divulgada após encontro do ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, com o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, que apresentou ao governo os resultados e projeções do setor automotivo e o programa de renovação da frota.

"O Ministério da Fazenda se comprometeu a avaliar as propostas, mas esclarece que não há no momento espaço fiscal para nenhum tipo de projeto que implique em dispêndio com subsídios ou equalizações", disse a Fazenda em nota.

(Por Eduardo Simões)