Inverno quente deve reduzir produção da trigo na Índia pelo 2º ano consecutivo

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016 11:01 BRST
 

NOVA DÉLHI (Reuters) - A produção de trigo da Índia deverá cair pelo segundo ano consecutivo em 2016, devido a um inverno excepcionalmente quente na região central e norte do país.

A Índia, segundo maior produtor global de trigo, provavelmente vai resistir à tempestade devido aos excedentes estoques. Mas a produção de trigo menor aprofundará a crise na zona rural, onde as condições climáticas adversas têm sido um problema.

Apesar da produção menor no ano passado, a crise permaneceu confinada nas fazendas, mas danos extras à safra poderiam começar a ter efeitos sobre a população se os estoques do Estado começarem a cair.

Em 2015 chuvas e chuvas de granizo prematuras durante a colheita cortaram a produção para 88,94 milhões de toneladas, ante 91,50 milhões de toneladas no ano anterior.

"Estamos observando as temperaturas acima do normal na maioria das regiões do país, incluindo a central e norte da Índia, onde o trigo é a cultura principal", afirmou à Reuters Indu Sharma, chefe de uma estatal de pesquisas em trigo.

Até agora, a preocupação era com a queda na área plantada, mas o tempo seco se tornou um segundo obstáculo, disse ela.

"Vamos ter que manter os dedos cruzados e rezar para que as temperaturas não subam mais em fevereiro e março, quando a safra está pronta para colheita, para que os resultados não fiquem abaixo de nossas estimativas", disse Sharma.

(Por Mayank Bhardwaj)