CORREÇÃO-J.Safra Sarasin vai comprar BSI do BTG Pactual, diz jornal suíço

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016 16:34 BRST
 

(Corrige título e 1o parágrafo para esclarecer que Handelszeitung é um jornal suíço em idioma alemão, e não jornal alemão)

ZURIQUE (Reuters) - O banco suíço J.Safra Sarasin fechou acordo para comprar o banco de investimento BSI do grupo BTG Pactual, publicou o jornal suíço em idioma alemão Handelszeitung nesta quarta-feira.

"O BTG Pactual chegou a um acordo com o J.Safra Sarasin. Julius Baer também estava interessado, mas desistiu das negociações", publicou o jornal, citando "fontes sêniores".

O jornal afirmou que não havia informação sobre o preço da venda.

O Handelszeitung disse que o Credit Suisse e um consórcio incluindo um banco local de Ticino, também sede do BSI, tinha deixado as negociações numa fase mais inicial. Ticino é a região de língua italiana do sul da Suíça.

O jornal disse que não tinha informações sobre o preço da compra.

A Reuters informou no mês passado que o BTG Pactual decidiu vender o BSI, como parte de uma estratégia para se desfazer de ativos para reduzir sua dívida.

O BTG Pactual tenta lidar com os desdobramentos da prisão de seu fundador André Esteves em novembro, no âmbito da operação Lava Jato, que investiga um esquema bilionário de corrupção envolvendo a Petrobras e grandes empreiteiras do país.

O BTG havia concluído a aquisição do BSI por 1,25 bilhão de francos suíços em setembro.

(Por Silke Koltrowitz, Oliver Hirt e Guillermo Parra-Bernal)