Produtores reduzem plantio de cana na Índia para economizar água

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016 15:33 BRST
 

SOLAPUR, Índia (Reuters) - Produtores indianos de Maharashtra, Estado líder na produção de açúcar, estão sendo forçados a substituir a cana por cultivos com menos necessidade de água, com uma seca abrasadora levando as autoridades a reter a água nas represas.

A queda nos plantios para a temporada 2016/17 --que uma autoridade estimou ser de cerca de um terço-- vem após a falta de chuvas atingir milhares de hectares de cana no segundo maior produtor de mundial.

A produção de açúcar da Índia arrisca cair abaixo do consumo pela primeira vez em sete anos, ameaçando cortar exportações e elevar os preços globais, particularmente se as importações forem necessárias pela primeira vez desde 2008/09

Após uma série de colheitas recordes, os Estados foram atingidos pela primeira seca recorrente em quase três décadas, levando as autoridades a desviar água da agricultura.

Os principais reservatórios da Índia estão com 44 por cento da capacidade, ante uma média de dez anos de 58 por cento. Alguns reservatórios em Maharashtra possuem apenas 8 por cento da capacidade, ante uma média de dez anos de 50 por cento.

"Pela atual tendência, parece que a área cultivada com cana será pelo menos 35 por cento menor na próxima temporada. Teremos uma ideia melhor somente em março, quando produtores finalizarem o plantio", disse uma autoridade sênior no governo do Estado de Maharashtra, que não quis ser identificada.

(Por Rajendra Jadhav)