Dólar e energia pressionam crescimento econômico dos EUA, segundo Livro Bege do Fed

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016 17:12 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - A economia dos Estados Unidos continuou dando sinais mistos entre o fim de novembro e o início de janeiro, com o dólar forte e os preços baixos da energia ofuscando parcialmente melhoras no mercado de trabalho e nos gastos do consumidor, informou nesta quarta-feira o Federal Reserve, banco central norte-americano.

A atividade econômica dos EUA expandiu-se em nove dos 12 distritos do país, segundo o relatório Livro Bege do Fed, que compila relatos sobre a atividade empresarial coletados com contatos em todo o país.

(Reportagem de Lindsay Dunsmuir)