UE vai conceder mais de 500 mil t em cotas para importação de milho sem impostos

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016 10:55 BRST
 

PARIS (Reuters) - A União Europeia vai conceder cotas de importação livre de impostos para 539 mil toneladas de milho em 2016, ou a totalidade das cotas inicialmente ofertadas, depois que os pedidos por cotas excederam o volume disponibilizado, disse a Comissão Europeia nesta quinta-feira.

Tanto uma cota anual sem tarifas para a importação de 400 mil toneladas de milho da Ucrânia quanto uma cota de meio ano para importar 138,9 mil toneladas de milho de qualquer origem tiveram mais propostas que as cotas disponibilizadas em uma primeira rodada na semana passada, disse a Comissão em uma publicação oficial.

A Comissão Europeia publicou coeficientes de alocação segundo os quais os proponentes pela cota anual da Ucrânia terão 46,8 por cento do volume solicitado, enquanto proponentes da cota para milho de qualquer origem receberão 86,3 por cento do volume pedido.

Outra cota para milho de qualquer origem, também para 138,9 mil toneladas, será aberta em julho, para a segunda metade do ano.

A UE também oferece cotas livres de tarifa para trigo e cevada. Os resultados da primeira rodada para a oferta destas deverá ser publicado mais tarde nesta quinta-feira pela área de serviços de agricultura da Comissão Europeia.

(Por Gus Trompiz)

(Por Luciano Costa)