Produção global de café 2015/16 deve aumentar para 143,4 mi sacas, diz OIC

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016 15:37 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A produção global de café da temporada 2015/16 deve crescer levemente, com a produção no Vietnã, na Colômbia e na Indonésia compensando uma colheita menor no Brasil, o maior produtor, disse a Organização Internacional do Café (OIC) nesta quinta-feira.

Em sua primeira estimativa para a safra 2015/16, a OIC estimou a colheita em em 143,4 milhões de sacas de 60 kg, uma alta de 1,4 por cento ante 2014/15, que teve os números revisados para baixo, para 141,4 milhões de sacas.

Para 2015/16, o número está na ponta de baixo de três outras estimativas reunidas pela Reuters, que variam ente 145,9 milhões a 150 milhões de sacas.

A OIC usa estimativas dos governos dos países produtores. No Brasil, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estimou a safra de café 2015/16 em 43,24 milhões de sacas, o que é muito abaixo de estimativas de casas de comércio, que estavam em cerca de 47 milhões a 48 milhões de sacas, em média.

"A produção total de arábica está relativamente estável em 84,3 milhões de sacas ante 84,4 milhões no ano anterior, com a produção reduzida dos cafés naturais do Brasil sendo compensada por aumentos nos cafés leves na Colômbia e outros leves", disse a OIC em seu relatório de dezembro.

"Um aumento significativo de 3,7 por cento é esperado nos robustas, com tanto Vietnã quanto Indonésia fazendo estimativas provisoriamente altas."

(Por Marcy Nicholson)