Fogo fecha acesso de caminhões ao terminal portuário de Guarujá

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016 11:08 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O acesso de caminhões ao terminal portuário do Guarujá, no complexo do porto de Santos, foi interrompido devido a um incêndio em contêineres com produtos químicos na tarde de quinta-feira, prejudicando a chegada de produtos de exportação.

A saída de veículos, com mercadorias importadas, também está proibida, enquanto os bombeiros realizam o trabalho de resfriamento do local atingido pelo fogo na quinta-feira, de acordo com informação da assessoria de imprensa da administração portuária de Santos.

Com a interrupção do acesso à margem esquerda do complexo portuário, os terminais estão tendo que trabalhar com as cargas que já haviam sido levadas até o porto.

"Novas cargas não estão chegando nem saindo, tem carga de importação e de exportação", disse a assessoria.

Com exceção de dois terminais, os demais 53 operam normalmente, com cargas em estoques, disse a assessoria.

Dessa forma, exportações de commodities como soja, milho e açúcar, entre outros produtos, não estão sendo prejudicadas.

Santos é o principal porto para exportação de soja, milho, café, açúcar e suco de laranja do Brasil, produtos que dominam a pauta exportadora do agronegócio brasileiro.

A interrupção do trânsito --que gerava uma fila no acostamento da rodovia de acesso ao porto-- visa facilitar a passagem de equipes que combatem pequenos focos de incêndio. O fogo é considerado controlado, segundo a assessoria do porto.

"Os bombeiros passaram para processo preventivo de resfriamento, sem o uso de água, porque os produtos químicos reagem à água", afirmou a assessoria, acrescentando que houve remoção dos produtos do terminal atingido, para que não sejam gerados novos focos de incêndio.   Continuação...

 
Fumaça vista no terminal portuário do Guarujá, no complexo do porto de Santos.    14/01/2016    REUTERS/Paulo Whitaker