Dilma diz que não há contradição entre aumento no crédito e política monetária atual

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016 11:39 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira que não vê contradição entre aumento de crédito e a atual política monetária e afirmou que o Banco Central tem autonomia para tomar suas decisões, mas não é independente.

Em café da manhã com jornalistas de agências de notícias, Dilma afirmou ainda que a maior preocupação do governo é com a alta no desemprego e que medidas para aumentar o crédito visam limitar as perdas de empregos.

(Por Alonso Soto e Lisandra Paraguassu)