África do Sul importará até 6 mi t de milho a partir de maio

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016 15:27 BRST
 

JOANESBURGO (Reuters) - O ministro da Agricultura da África do Sul, Senzeni Zokwana, disse nesta sexta-feira que o país, atingido por uma seca, precisa importar entre 5 e 6 milhões de toneladas de milho, um importante insumo para a nação africana.

O clima quente e poucas chuvas arruinaram um terço da safra de milho na economia mais avançada da África, que enfrenta a pior seca em décadas, com 2015 sendo o ano mais seco desde que os registros começaram a ser feitos em 1904.

Zokwana disse que as importações de milho, que devem começar já em maio, eram "urgentes".

"Temos que garantir que não vamos esperar até que seja tarde demais", disse ele em uma coletiva de imprensa em Pretoria após encontrar membros da indústria.

Economistas alertaram que as importações poderiam pressionar os preços dos alimentos e afetar milhões de sul-africanos que já estão sentindo o aperto causado pela economia em dificuldades.

A agricultura contribui com 2,2 por cento da produção econômica, mas uma grande desaceleração agrícola poderia colocar a economia em recessão, assim como elevar a taxa de desemprego.

(Por Peroshni Govender)