Bovespa recua acompanhando perdas em NY e tombo do petróleo; Petrobras desaba

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016 19:00 BRST
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou em queda de mais de 2 por cento nesta sexta-feira, chegando a oscilar abaixo dos 39 mil pontos durante o pregão, pressionado pelo cenário negativo no exterior, onde petróleo Brent desabou abaixo de 29 dólares.

O Ibovespa caiu 2,36 por cento, a 38.569 pontos, menor patamar desde 9 de março de 2009. No pior momento do dia, o índice de referência do mercado acionário brasileiro caiu 3,83 por cento, a 37.986 pontos.

O volume financeiro no pregão somou 5,68 bilhões de reais.

O Ibovespa recuou de 5 por cento na semana, a terceira seguida no vermelho, e no ano acumula perdas de 11 por cento.

No exterior, os contratos futuros do petróleo recuaram ao redor de 6 por cento, para mínimas em 12 anos, por preocupações sobre a retirada em breve de sanções contra o Irã.

O movimento da commodity derrubou bolsas na Europa e impôs fortes perdas nos pregões em Wall Street, com o S&P 500 chegando a cair mais de 3 por cento no pior momento.

No Brasil, a pauta macroeconômica endossou o pessimismo, com dados de desemprego e atividade reforçando o cenário de debilidade da economia local.

  Continuação...