FMI corta projeção de crescimento global por China e queda do preço do petróleo

terça-feira, 19 de janeiro de 2016 08:15 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) cortou nesta terça-feira suas projeções de crescimento global pela terceira vez em menos de um ano, citando uma desaceleração mais acentuada do comércio chinês e preços fracos das commodities, que estão atingindo o Brasil e outros mercados emergentes.

O Fundo prevê que a economia mundial vai crescer 3,4 por cento em 2016, e 3,6 por cento em 2017, ambos os anos com corte de 0,2 ponto percentual das previsões anteriores de outubro. O FMI disse que as autoridades devem considerar maneiras de impulsionar a demanda no curto prazo.

(Reportagem por David Lawder)