Mercado de petróleo permanecerá com sobreoferta até pelo menos o fim de 2016, diz IEA

terça-feira, 19 de janeiro de 2016 08:54 BRST
 

(Reuters) - O clima excepcionalmente quente e o crescente suprimento irá manter o mercado de petróleo com excesso de oferta até pelo menos o fim de 2016, afirmou nesta terça-feira a Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) em seu relatório mensal.

O inverno quente ao redor do mundo cortou o crescimento da demanda global por petróleo para uma mínima de um ano de 1 milhão de barris por dia (bpd) no quarto trimestre de 2015, queda ante a máxima de quase cinco anos do trimestre anterior, de 2,1 milhões de bpd.

A IEA deixou sua estimativa de crescimento na demanda global para 2016 inalterada desde seu relatório mensal anterior em cerca de 1,2 milhões de bpd.

Os futuros de petróleo tipo Brent caíram para seu nível mais baixo desde o fim de 2003, para abaixo de 30 dólares por barril, após a Opep afirmar em dezembro que não iria cortar a produção para deter a queda dos preços, apesar do excesso de oferta global.

"Concluímos que o mercado do petróleo enfrenta a perspectiva de um terceiro ano consecutivo em que a oferta vai exceder a demanda em 1 milhão de barris por dia e haverá enorme pressão sobre a capacidade do mercado para absorvê-la de forma eficiente", disse a IEA.

(Por Amanda Cooper)