Índice europeu de ações sobe amparado em ações de mineradoras

terça-feira, 19 de janeiro de 2016 16:18 BRST
 

Por Atul Prakash e Danilo Masoni

LONDRES/MILÃO (Reuters) - O principal índice europeu de ações fechou em alta nesta terça-feira, recuperando-se das mínimas em 13 meses, ajudado pelos setores de mineração e energia, conforme os preços dos principais metais industriais e do petróleo subiram após dados da economia chinesa.

O índice FTSEurofirst 300 .FTEU3 avançou 1,37 por cento, aos 1.310 pontos, após recuar para a mínima em 13 meses por três sessões seguidas.

"Conforme os dados enfraquecem em termos absolutos, nós podemos ver potencialmente medidas adicionais de estímulo. Isso está ajudando o apetite do investidor por risco", disse o chefe de pesquisa do BNP Paribas Fortis Global Markets em Bruxelas, Philippe Gijsels.

O índice de matéria-prima do STOXX Europe 600 , que inclui as principais mineradoras, subiu 1,5 por cento, enquanto o índice de petróleo e gás avançou 1,1 por cento, acompanhando os ganhos de commodities como petróleo, cobre, níquel e alumínio.

As ações da Anglo American (AAL.L: Cotações), Glencore (GLEN.L: Cotações), Rio Tinto (RIO.L: Cotações) e BP (BP.L: Cotações) subiram entre 1,5 por cento e 5,1 por cento após dados econômicos da China, o maior consumidor mundial de metais.

O crescimento econômico da China no quarto trimestre desacelerou, conforme esperado, para 6,8 por cento na comparação com o ano anterior, marcando o ritmo mais fraco de expansão desde o primeiro trimestre de 2009. O crescimento anual foi de 6,9 por cento, o mais fraco para a China em 25 anos.

Em LONDRES, o índice Financial Times .FTSE avançou 1,68 por cento, a 5.876 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,50 por cento, a 9.664 pontos.   Continuação...