Potash Corp suspende operações em mina canadense por fraqueza no mercado

terça-feira, 19 de janeiro de 2016 16:34 BRST
 

(Reuters) - O enfraquecido mercado de potássio não deverá melhorar tão cedo, afirmou o presidente da Potash Corp de Saskatchewan POT.TO nesta terça-feira, com a empresa anunciando que suspenderá indefinidamente as operações em sua mina de Picadilly, na província canadense de New Brunswick, resultando na perda de 420 a 430 empregos.

Com a demanda pelo nutriente caindo globalmente, a maior empresa de fertilizantes do mundo em capacidade fechou nos últimos meses a mina de potássio de Penobsquis, em New Brunswick, e suspendeu a produção de três minas em Saskatchewan.

A Potash Corp, que tinha mais de 5 mil funcionários no mundo ao final de 2014, disse que manterá 35 profissionais em Picadilly para manter a operação no modo de "cuidados e manutenção". Cerca de 100 trabalhadores afetados podem ser realocados para Saskatchewan.

Os preços do potássio têm caído acentuadamente desde o ano passado, pressionados por uma expansão da capacidade, preços baixos dos grãos e fraqueza da moeda em grandes consumidores como Brasil e Índia.

"Não vemos no curto prazo qualquer coisa que possa mudar esse cenário. Estamos reposicionando a companhia à luz disso, mas estamos ainda otimistas com as perspectivas de longo prazo para nosso negócio", disse o presidente, Jochen Tilk, em uma entrevista.

(Por Nicole Mordant e Swetha Gopinath)