Bovespa fecha em alta de 0,15% com expectativa sobre China; NY e Petrobras limitam avanço

terça-feira, 19 de janeiro de 2016 18:09 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou com o seu principal índice em leve alta nesta terça-feira, um dia após renovar mínima em quase sete anos, em meio a expectativas de que a China pode adotar mais estímulos econômicos após a divulgação de dados fracos de atividade chinesa.

A volatilidade dos preços de petróleo e a piora nos pregões em Wall Street, contudo, reduziram o fôlego no pregão brasileiro.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa subiu 0,15 por cento, a 37.992 pontos. O volume financeiro somava 3,6 bilhões de reais.

As ações preferenciais da Petrobras fecharam em queda de 2,92 por cento, a 4,66 reais, mínima desde o final de abril de 2003, também conforme dados pré-ajuste.

(Por Paula Arend Laier)