Demanda corporativa por crédito cai 1,9% em 2015, pior resultado em 3 anos, diz Serasa

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016 11:42 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A procura de empresas brasileiras por crédito caiu 1,9 por cento em 2015 sobre o ano anterior, com o recuo da demanda de médias e grandes empresas levando ao pior resultado em três anos, disse a Serasa Experian nesta quarta-feira.

O desempenho foi o pior desde 2012, quando a demanda por crédito havia recuado 5,2 por cento.

"A recessão econômica, a queda dos níveis de confiança dos empresários e o custo do crédito cada vez mais caro determinaram a retração da procura das empresas no ano passado", disseram economistas da Serasa em comunicado.

No ano passado, a demanda de empresas de médio porte recuou 19,3 por cento e a de empresas grandes caiu 14,3 por cento. As micro e pequenas empresas tiveram recuo de apenas 0,7 por cento por conta dos avanços do processo de formalização e ampliação do contingente de microempreendedores individuais, segundo a Serasa.

O setor industrial foi o que teve maior retração na demanda, de 7,8 por cento, seguido pelo comércio, com baixa de 2,5 por cento. A procura por crédito no setor de serviços avançou 0,4 por cento em 2015.

Apenas em dezembro, na comparação com dezembro do ano anterior, a demanda total de empresas por crédito caiu 4,5 por cento, também principalmente por conta das médias e grandes companhias.

(Por Priscila Jordão)