Negociações entre Argentina e credores serão retomadas em 1° de fevereiro

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016 21:16 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - As negociações entre a Argentina e os chamados credores “holdout” serão retomadas em 1° de fevereiro em Nova York em relação ao caso do calote da dívida soberana, disse nesta quarta-feira Daniel Pollack, o mediador indicado pelo Judiciário norte-americano.

"Eu tenho discutido com a Secretaria de Finanças da República da Argentina e com representantes dos principais detentores de títulos nos últimos dois dias, e eu agora antecipo que as negociações vão ser retomadas no meu escritório em Nova York nos dias 1° e 2 de fevereiro”, afirmou Pollack em curto comunicado.

Ele disse que, embora tenha sido originalmente considerado, mas nunca confirmado que as negociações recomeçariam na semana de 25 de janeiro, “devido a dificuldades logísticas encontradas as negociações serão retomadas na semana seguinte”.

Também nesta quarta, mais cedo, o Ministério das Finanças argentino divulgou um comunicado dizendo ter sido informado por Pollack na terça à noite que os investidores “pediram para adiar a apresentação até a primeira semana de fevereiro devido a problemas logísticos”.

(Reportagem de Daniel Bases)