REPERCUSSÃO-Copom mantém taxa de juros em 14,25% por 6 votos a 2

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016 22:01 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) decidiu nesta quarta-feira manter a taxa Selic em 14,25 por cento ao ano, por seis votos a dois.

Os diretores Sidnei Corrêa Marques e Tony Volpon votaram pela elevação da taxa em 0,5 ponto percentual.

No comunicado, o BC disse que a decisão foi tomada "avaliando o cenário macroeconômico, as perspectivas para a inflação e o atual balanço de riscos, e considerando a elevação das incertezas domésticas e, principalmente, externas".

Apesar de pesquisa Reuters mostrar que a maioria dos 43 economistas ouvidos ainda previam alta da Selic, a decisão do Copom não foi uma grande surpresa, já que o presidente da instituição, Alexandre Tombini, divulgou nota na véspera indicando que o BC poderia não elevar os juros por conta da contração da economia brasileira. [nL2N1530HJ]

Veja a seguir comentários sobre a decisão do Copom:

CARLOS KAWALL, ECONOMISTA-CHEFE, BANCO J.SAFRA

“Não acredito que a decisão resultou de pressões do governo, acho que é mais uma questão de mudança do cenário externo mesmo.”   Continuação...