Petrobras ajuda e Bovespa fecha em leve alta com avanço do petróleo

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016 18:47 BRST
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou em leve alta nesta quinta-feira, após renovar mínima em quase sete anos na véspera, amparado particularmente no forte avanço das ações ordinárias da Petrobras na esteira da disparada dos preços do petróleo no mercado internacional.

O Ibovespa subiu 0,19 por cento, a 37.717 pontos.O volume financeiro somou 5 bilhões de reais.

Na véspera, o índice de referência do mercado acionário brasileiro caiu 1,08 por cento, a 37.645 pontos, renovando a mínima desde 9 de março de 2009.

No exterior, os contratos futuros de petróleo subiram, recuperando-se de mínimas de 12 anos registradas na véspera, após comentários do presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, corroborando apostas de mais estímulos.

O titular do BC da zona do euro disse que seria necessário rever o posicionamento da política monetária da instituição em março, alimentando esperanças de mais "quantitative easing".

Os pregões em Wall Street também foram contaminados pelas expectativas ligadas ao discurso de Draghi e pelo avanço do petróleo, com o S&P 500 subindo cerca de 0,6 por cento e corroborando a trégua no mercado brasileiro.

Também repercutiu na Bovespa, embora em menor intensidade que em outros mercados locais, a manutenção da taxa Selic em 14,25 por cento na véspera, em decisão controversa do Banco Central, que adicionou incertezas entre investidores.

  Continuação...