Grandes bancos devem reatar laços com Irã nas próximas semanas

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016 15:18 BRST
 

Por Jonathan Saul

(Reuters) - Grandes bancos globais estão se preparando para restabelecer laços com as instituições iranianas usando o sistema transações Swift, disse à Reuters nesta sexta-feira o chefe do Middle East Bank no Irã, Parviz Aghili.

Mas é provável que leve pelo menos duas semanas antes que as conexões sejam criadas, o que permitirá a bancos que iranianos se envolvam com o mundo bancário mundial pela primeira vez desde que restrições financeiras foram impostas em 2012.

Um acordo nuclear entre potências mundiais e o Irã levou à remoção de restrições a serviços bancários, seguros e setores de transporte no fim de semana, além de restrições às exportações de petróleo.

O sistema Swift, ou Sociedade para as Telecomunicações Financeiras Interbancárias Mundiais, é usado para transmitir cartas de crédito e pagamentos.

Aghili também disse que o banco central do Irã iria fazer com que os bancos locais adiram a pontos dos padrões internacionais de capital contidas em Basileia III, movimento que os pressionaria a reforçar seus balanços.

Um alto funcionário do banco central do Irã se recusou a comentar quando questionado sobre possíveis medidas.

(Reportagem de Philip Blenkinsop)