Lagarde, do FMI, diz que mercado precisa de clareza sobre moeda chinesa

sábado, 23 de janeiro de 2016 10:14 BRST
 

DAVOS, Suíça (Reuters) - Os mercados financeiros precisam de maior clareza sobre como as autoridades chinesas estão gerenciando sua moeda, particularmente a relação do iuan com o dólar norte-americano, disse a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, neste sábado.

Questionada em um painel em Davos se deve apoiar controles de capitais pela China por um período, ela evitou uma resposta direta, mas disse: "Certamente um uso massivo de reservas não seria uma ideia particularmente boa... Parte já foi usada".

Ela afirmou que o mercado precisa de "clareza e certeza" sobre o câmbio chinês "em particular com referência ao dólar, que sempre foi a referência".

"Esse seria o movimento certo a fazer", acrescentou.

O presidente do banco central japonês, Haruhiko Kuroda, disse que, na sua visão pessoal, os controles de capitais seriam uma forma apropriada para que a China reconcillie sua necessidade de manter frouxa a política monetária doméstica enquanto estabiliza sua moeda.

(Por Noah Barkin e Paul Taylor)