Deutsche Bank cortará bônus de 2015 após prejuízo recorde, dizem fontes

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016 15:27 BRST
 

FRANKFURT (Reuters) - O Deutsche Bank (DBKGn.DE: Cotações) vai cortar os bônus de 2015 devido a um esperado prejuízo recorde para o ano devido a baixas contábeis, encargos de litígio, custos de reestruturação e piores condições de operações, disseram três pessoas com conhecimento do assunto.

Apesar de os funcionários do maior banco da Alemanha só serem notificados sobre seus bônus individuais em março, eles já foram informados de que pagamentos de divisões individuais serão reduzidos em pelo menos 25 a 30 por cento, acrescentaram as fontes.

"Para empregados, 2015 será provavelmente um dos piores anos da história", disse um gerente do Deutsche Bank, que se recusou a ser identificado.

Outra pessoa familiar ao assunto disse que todos os empregados com pagamentos acima de acordos coletivos negociados por sindicatos, como executivos de área de banco de investimentos, serão afetados. O Deutsche Bank se recusou a comentar.

Nos últimos cinco anos, o banco deixou a compensação inalterada e usualmente pagava entre 38,5 a 40 centavos a empregados por cada euro em receitas.

(Por Kathrin Jones)