Chefe da agência de estatísticas da China diz que não há base para depreciação do iuan

terça-feira, 26 de janeiro de 2016 07:36 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - A agência de estatísticas da China informou nesta terça-feira que não há base para a depreciação do iuan dados os fundamentos econômicos sólidos do país.

O chefe da Agência Nacional de Estatísticas, Wang Baoan, afirmou que o dólar mais forte e a pressão sobre a economia da China contribuíram para as recentes movimentações do iuan.

Uma depreciação sustentada do iuan pode alimentar saída de capital e afetar o ritmo de internacionalização do iuan, completou Wang.

Ele disse ainda estar confiante no mercado acionário da China, com o impacto de sua volatilidade sobre a economia real sendo limitado.

As ações chinesas caíram mais de 6 por cento, para mínimas de 14 meses, nesta terça-feira após nova queda dos preços do petróleo, retomando preocupações com o crescimento global e provocando vendas nos mercados acionários globais.

(Reportagem de Kevin Yao)