REEDIÇÃO-Dólar sobe 0,39% frente ao real em correção após três dias de queda, antes de Fed

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016 18:44 BRST
 

(Reenvia para corrigir no primeiro parágrafo para quarta-feira, e não quinta-feira)

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em alta em relação ao real nesta quarta-feira, em uma correção técnica após três sessões seguidas de queda enquanto investidores aguardavam a decisão do Federal Reserve, banco central norte-americano.

O dólar avançou 0,39 por cento, a 4,0859 reais na venda, após atingir 4,0287 reais na mínima da sessão e 4,0960 reais na máxima. A moeda norte-americana havia acumulado queda de 2,29 por cento nas três sessões anteriores.

O dólar abriu a sessão em queda e chegou a recuar mais de 1 por cento durante os negócios, em meio a apostas de que o Fed deixaria os juros estáveis e adotaria um tom cauteloso diante do tombo dos preços do petróleo no exterior e da desaceleração da economia chinesa.

Isso poderia atenuar a pressão sobre moedas emergentes, já que juros mais altos nos Estados Unidos tendem a atrair para a maior economia do mundo recursos aplicados em outros locais.

"Esperamos um Fed mais 'brando', diante das incertezas com China e elevada volatilidade dos mercados", escreveram analistas da Guide Investimentos em relatório pela manhã.

Simultaneamente ao fechamento do mercado, o Fed anunciou a manutenção dos juros e disse estar "monitorando de perto" os desenvolvimentos econômicos e financeiros globais, mas manteve uma visão otimista sobre a economia dos EUA. O dólar futuro reduziu levemente a alta em relação ao real após a decisão do Fed.[nE6N14S01O]

Após recuar durante boa parte da sessão, o dólar anulou as perdas durante a tarde e voltou a subir. Operadores identificaram no movimento uma correção técnica após as quedas das últimas sessões e um ajuste ao movimento de outras moedas latino-americanas, que vinham sofrendo mais do que o real desde o início do ano.   Continuação...

 
10/09/2015. REUTERS/Ricardo Moraes